AutoraFernanda Campagnucci

Explorando as despesas da cidade, parte 2: contratos

E

Um pouco mais avançado, este exercício envolveu contornar alguns problemas da API e cruzar com a base de empenhos (além de ter de me superar para aprender truques novos). Dessa forma o ciclo fecha desde o empenho até cada pagamento do contrato, com os fornecedores. Um bônus ali no final: comparativo com a informação que tem no Portal da Transparência, suas vantagens e desvantagens. PS –...

Explorando as despesas municipais de São Paulo via API

E

Uma das formas mais eficazes de aprender alguma coisa é ensinar ou sistematizar o conhecimento para compartilhar. Por isso fiz este tutorial sobre um dispositivo de transparência importantíssimo, mas ainda muito pouco aproveitado na cidade, interna e externamente à gestão, que é a API pública do Sistema de Execução Orçamentária da Prefeitura de São Paulo, o SOF. Voltado a pessoas que trabalham...

Por um governo aberto que pense também que tipo de tecnologia queremos

P

Uma das representações gráficas mais interessantes do conceito de governo aberto que já vi é a da Organização dos Estados Americanos (OEA), em sua publicação “Hacia el gobierno abierto: una caja de herramientas” (2015). O pesquisador César Nicandro Cruz-Rubio propõe ali um esquema que explicita níveis de desenvolvimento dos eixos transparência, accountability e participação. Dessa forma, o...

Memórias de um ensino médio técnico e machista: “voltem pra cozinha, vão lavar roupa!”

M

O machismo me expulsou do mundo da tecnologia. A frase é simples, tem sujeito, predicado e objeto bem definidos. Mas demorei 15 anos para processar, articular e, finalmente, decidir escrever o que está por trás dela. Tinha 14 anos quando entrei no curso técnico em Eletrônica no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. O ingresso se dava por um “vestibulinho” bastante concorrido, mas, debates sobre...

‘The Economist’: educação pobre para os pobres

Na semana passada (18/10), a correspondente da revista britânica ‘The Economist’, Helen Joyce, respondeu a um artigo em que eu fazia críticas a uma reportagem da publicação. Fico feliz que a internet possibilite essa troca de ideias franca, com base em argumentos e dados. Agradeço à jornalista pela disposição a entrar no debate. Basicamente, a reportagem de Joyce “Pensions and education: Land of...

Desigualdades educacionais têm cor e endereço em São Paulo

D

As médias usadas em análises sobre a educação escondem a persistência de profundas desigualdades no interior de um mesmo município – sobretudo em uma metrópole complexa como São Paulo. Dados desagregados por cor, raça, renda, gênero, idade e distribuição geográfica são necessários para revelar os desafios das políticas educacionais para a superação das desigualdades, mas ainda há enorme...

A conta da educação brasileira não fecha na ‘Economist’

A

A educação entrou no pacote da crítica que a revista The Economist fez nesta semana à economia brasileira. A reportagem “Pensions and education: Land of the setting sun” elegeu como vilã a aposentadoria dos professores, um privilégio desmedido que estaria impedindo bons resultados no setor. O diagnóstico da revista não chega a estar completamente equivocado, mas repete simplificações comuns no...

Autora

Fernanda Campagnucci

Visualizar Perfil Completo →

Posts recentes

Comentários

Categorias